Metrô de São Paulo e a Teoria dos Ciclos Políticos

A Teoria dos Ciclos Políticos é utilizada em diversas pesquisas nas ciências políticas, administração pública, economia e na contabilidade e consiste na ideia de que os políticos se utilizam do Estado para manipular a economia e as instituições para obter mais votos nas eleições. Basicamente ele atuará de forma diferenciada em anos eleitorais, como, por exemplo, inaugurando mais obras públicas ou investindo mais em publicidade. O povo brasileiro, mesmo não necessariamente conhecendo a Teoria, conhece bem a estratégia.

Apesar de isso ser algo esperado, é sempre interessante ver dados concretos sobre o tema, como quando recentemente me deparei com a imagem a seguir que representa o número acumulado de estações de metrô da capital paulista nos últimos anos. (os círculos destacam as inaugurações)

rbbIt4y

Percebemos pelo gráfico que há uma predisposição do governo do Estado de São Paulo (responsável pela área) de inaugurar mais estações em anos eleitorais.

Bom, é possível que seja uma coincidência.. mas a Teoria vem encontrando bastante respaldo acadêmico e parece ser bem evidente na prática. Essa atitude é um desrespeito ao povo e a nossa Constituição. Devemos permanecer vigilantes.

Texto acadêmico para ler mais sobre o assunto:
Tese de Doutorado do Prof. Dimas Barrêto de Queiroz em Ciências Contábeis intitulada ‘Composição dos gastos públicos e resultados eleitorais : um estudo nos municípios brasileiros‘ de 2015.

Um comentário em “Metrô de São Paulo e a Teoria dos Ciclos Políticos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s