Crise nas Universidades Federais Brasileiras

Todo jovem, ainda na escola, sonha em entrar numa Universidade Federal de ensino gratuito e de boa qualidade. Os pais investem e incentivam os seus filhos a conquistar a sua vaga tão esperada, com intuído de garantir o seu futuro. Talvez, este sonho, em um futuro próximo, possa não ser mais possível, devido a grande crise financeira que passam as Universidades Federais.

No dia 16/05/2018, saiu uma reportagem no G1 do Distrito Federal (aqui) sobre  a crise enfrentada pela Universidade de Brasília (UnB), que teve que reduzir os seus contratos terceirizados e com isso houve a demissão de 132 postos de trabalho, com previsão de chegar a 500 ainda esta semana.  Ainda segundo a reportagem, a instituição terminará o ano com um déficit de R$ 92,3 milhões.

O grande problema encontrado hoje nas universidades federais é o percentual do gasto com pessoal em relação ao total do orçamento disponível, praticamente não sobra recurso orçamentário para os demais gastos de manutenção ou investimento.

O teto dos gastos públicos a nível federal, só veio agravar ainda mais a situação, pois como o orçamento está congelado e as progressões dos servidores das universidades decorrentes do plano de cargos e salários são concedidas por força de lei, os gastos com pessoal consomem, a cada dia, uma parcela maior do orçamento.

Sabe-se que gasto em educação, na realidade, é um investimento feito para o desenvolvimento do país a longo prazo. O grande responsável pelo crescimento dos países mais desenvolvidos foi o investimento no capital humano.  Ver os artigos de Jones, C. e Romer, P. (“The New Kaldor Facts: Ideas, Institutions, Population and Human Capital”, American Economic Journal: Macroeconomics 2, n1, jan.2010, p.224-245) e de Gordon, R. (“Is U.S Economic Growth Over? Faltering Innovatioin Confronts the Six Headwinds”, NBER Working Paper 18315, ago. 2012).

Portanto, o governo deveria ter um olhar diferenciado para as Universidades. Mas, provavelmente, a intenção seja justamente essa, sucatear as universidades para conseguir apoio para as privatizações.

Sabe-se que a gestão das instituições também tem sua parcela de culpa nessa crise, não se pode isentá-las. Gerir os recursos orçamentários da melhor maneira possível, embasado em um planejamento a longo prazo é de fundamental importância para a sua sustentabilidade. Por isso, se deve buscar otimizar os recursos disponíveis e torcer para esse tempo de crise passar logo.

Para se ter uma real dimensão do problema, segue quadro contendo o percentual que o grupo de despesa com pessoal corresponde do total do orçamento executado.

NOME DESPESA DE PESSOAL / TOTAL DO ORÇAMENTO EXECUTADO (%)
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA 87,17
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO 84,69
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL 84,37
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 83,64
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VICOSA 83,38
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SAO CARLOS 83,28
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBA 81,35
UNIVERSIDADE TECNOLOGICA FEDERAL DO PARANA 81,06
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO 80,90
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE 80,34
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SAO PAULO 80,21
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO G. SUL 80,20
UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE 80,09
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDONIA 80,01
FUNDACAO UNIVERSIDADE DE BRASILIA 79,75
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO 79,30
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO 79,12
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS 78,89
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS 78,51
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO 78,43
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE 77,76
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA 77,63
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARA 77,61
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPIRITO SANTO 77,54
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS 77,26
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS 77,24
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ARIDO/RN 77,08
FUNDACAO UNIVERSIDADE DO MARANHAO 76,64
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE 76,48
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA 76,12
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS 76,09
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI 75,48
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA 75,35
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA 75,32
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA 75,18
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE S.J.DEL-REI 75,12
FUNDACAO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS 74,92
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECONCAVO DA BAHIA 74,87
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZONIA 74,65
UNIVERSIDADE FED.VALES JEQUITINHONHA E MUCURI 74,00
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPA 73,93
UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS 73,84
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO RIO DE JANEIRO 73,77
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE – FURG 73,08
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA 72,71
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC 72,63
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA 72,45
UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIANGULO MINEIRO 71,88
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE 71,74
UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL 68,36
UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARA 67,66
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA 66,80
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS 66,27
FUNDACAO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS 66,27
UNIVERS. FEDERAL DA INTEG. LATINO AMERICANA 65,62
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI 65,58
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO 65,35
UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA 63,49
UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARA 63,45
FUNDACAO UNIVERSIDADE FED. DA GRANDE DOURADOS 61,58
UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA 59,73
FUN.UNIV.FED.DE CIENCIAS DA SAUDE DE P.ALEGRE 59,51
UNIV.DA INTEG.INTERN.DA LUSOF.AFRO-BRASILEIRA 59,10
FUND.UNIVERSIDADE FEDERAL VALE SAO FRANCISCO 53,32
MÉDIA 74,30

 

Fonte: Elaboração própria

OBS: Some-se ao percentual encontrado em média 5,5% relativo aos auxílios concedidos que são classificados como outras despesas correntes e não entraram no percentual do quadro.

 

Fonte dos dados: Tesouro Gerencial

Link

https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/crise-da-unb-apos-cortes-132-terceirizados-da-limpeza-sao-demitidos-nesta-quarta.ghtml

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s