Desigualdade Social: o elevador social brasileiro está quebrado?

Essa é a pergunta que a Organisation for Economic Co-operation and Development – OECD faz ao analisar os dados brasileiros. Pelos cálculos da organização, seriam necessárias nove gerações para que uma criança pobre atingisse a renda média e, segundo pesquisas, seis em cada dez brasileiros acreditam que apenas o esforço é insuficiente para ocasionar essa evolução, essa escalada social. Esses são alguns dos dados fornecidos pelo documento publicado recentemente.

O próprio documento propõe soluções, como melhorar a eficácia do gasto público; melhorar a redistribuição dos recursos através da justiça fiscal e programas sociais; e através do ensino (este último corroborado por Thomas Piketty, em “O Capital”, onde afirma que “(…) no longo prazo, a força que de fato impulsiona o aumento da igualdade é a difusão do conhecimento e a disseminação da educação de qualidade”)

Estamos no caminho certo? Aparentemente, não. Quanto ao último ponto do parágrafo anterior, como exemplo, temos a PEC 95/2016 que congela, além de outras coisas, os gastos em educação; as recentes notícias sobre a possibilidade de cessar o pagamento das bolsas de pesquisa; e os problemas financeiros enfrentados pelas universidades públicas.

Uma das formas que podemos ver se o cenário tende a melhorar é analisando os planos de governo dos cinco principais candidatos a Presidente da República (Ciro Gomes (PDT); Geraldo Alckimin (PSDB); Jair Bolsonaro (PSL)Lula (PT); e Marina Silva (Rede)). Apesar de todos citarem o problema de desigualdade social, eles tendem em ser genéricos em suas soluções. Devemos ficar atento aos debates para identificar quais soluções os presidenciáveis apontam para um problema tão significativo para o bem-estar da população brasileira.

Um comentário em “Desigualdade Social: o elevador social brasileiro está quebrado?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s