4 Gráficos para explicar receitas e despesas do governo em 2018

Em mais uma reportagem excelente, o jornal digital Nexo traz um panorama das receitas e despesas, com base no resultado primário, do governo central neste primeiro semestre de 2018.

O resultado primário é a diferença entre as receitas líquidas (para uso do governo ecentral) ) e as despesas primárias (que não incluem os juros da dívida) do governo federal, do Banco Central e da Previdência Social. Nesse primeiro semestre, somente nos meses de janeiro e abril o resultado foi favorável (receitas maiores que despesas). Aliás ,esses são meses de resultado favorável também nos últimos anos, conforme será verificado em um gráfico mais a frente.

Apesar de ainda apresentar no primeiro semestre de 2018 um resultado primário desfavorável (despesas maiores que receitas), no montante de R$ 32,8 bilhões, esse é o melhor panorama, para o período, desde 2015, conforme pode ser verificado abaixo. Essa melhora se deve principalmente ao aumento de receitas, que no primeiro semestre de 2017 foi de R$ 573,0 bilhões, e em 2018 foi de 613 bilhões.

Apesar da melhora, em comparação ao ano anterior, a perspectiva para o restante do ano não é boa. Tanto é que o governo mantém a meta de défict anual em R$ 159,0 bi, valor maior do que o ano de 2017.

– Seguem os gráficos:

01

02

03

04

Link para matéria completa do NEXO:
https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/07/31/A-arrecada%C3%A7%C3%A3o-e-as-despesas-do-governo-em-2018-em-4-gr%C3%A1ficos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s