Corrupção: temos como medir?

Falar de corrupção no cenário brasileiro tem sido bastante recorrente. A corrupção por sua vez, decorre de falhas e/ou ineficiências na execução de operações que as destorcem e/ou desvirtuam do que fora planejado. Naturalmente, ela é influenciada por aspectos de controles insuficientes e falhas regulatórias, que permitem um ambiente passível de um comportamento oportunista para … Continue lendo Corrupção: temos como medir?

As regras fiscais reduzem oportunismo do gestor?

O tema mais uma vez é a responsabilidade fiscal! Já discutimos a eficácia da Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR) em post anterior (aqui!). Contudo, dada a relevância do tema, o debate é sempre [re]alimentado tanto aqui no Panorama Público, quanto nas rodas de debates acadêmicos, nas pesquisas científicas, no dia a dia de quem atua … Continue lendo As regras fiscais reduzem oportunismo do gestor?

A Qualidade da Governança Pública brasileira: estamos bem?

Semana passa tratamos sobre Governança no Setor Público, destacando uma nova norma regulando a governança no Brasil (veja aqui!). Não restam dúvidas que estamos avançando com esse novo decreto, mas como está o desempenho do governo brasileiro com relação à governança? Como o Brasil está se comparado a outros países? Dadas essas inquietações, resolvemos pesquisar … Continue lendo A Qualidade da Governança Pública brasileira: estamos bem?

Sem Licitação e investigada? Não dá!

Esta semana fizemos um post questionando se a licitação era uma regra ou exceção (veja o post aqui). Destacamos que o Governo Federal realizou, somente em 2017, 61,44% de suas compras sem processo licitatório e chamamos atenção para agressividade no uso da dispensa de licitação nos processos de compras governamentais, que pode estar sendo utilizada … Continue lendo Sem Licitação e investigada? Não dá!

Democracia e Redes Sociais: se complementam?

Ao mesmo tempo que a expansão da tecnologia, demasiadamente as redes sociais, pôde contribuir para a difusão da democracia, acabou por gerar (in)compatibilidade do exercício da democracia. Dessa forma, é recomendável tenhamos cautela e busquemos confirmar as informações que compartilhamos, sobretudo em websites oficiais, nos portais da transparência e/ou em veículos responsáveis pela condução de informações de qualidade, como é a proposta deste blog. Essas atitudes ajudam no efetivo exercício da democracia! Por isso, registramos aqui este apelo: compartilhe informações de qualidade!

Até quando você vai levando? (porrada! porrada!) Até quando vai ficar sem fazer nada? Até quando você vai levando? (porrada! porrada!) Até quando você vai ser saco de pancada?

Semana passada nos deparamos com mais uma notícia escandalosa (será que realmente ainda nos surpreende?), um “gênio” de 19 anos foi nomeado para administrar contratos de R$ 473 milhões no Ministério do Trabalho por indicação do PTB, mas qual problema tem nisso? A única experiência profissional anterior dele foi de vendedor de óculos em um … Continue lendo Até quando você vai levando? (porrada! porrada!) Até quando vai ficar sem fazer nada? Até quando você vai levando? (porrada! porrada!) Até quando você vai ser saco de pancada?

Administração e Contabilidade Pública como campos científicos

Já parou para pensar na Administração Pública e Contabilidade Pública como campos científicos? Quando você escreve um artigo sobre estes temas, se preocupa com a contribuição de sua abordagem em levantar discussões e mudar o “estado da arte” sobre determinado assunto? Pois bem, comecei a me perguntar sobre isso enquanto cursava uma disciplina no curso … Continue lendo Administração e Contabilidade Pública como campos científicos

Metrô de São Paulo e a Teoria dos Ciclos Políticos

A Teoria dos Ciclos Políticos é utilizada em diversas pesquisas nas ciências políticas, administração pública, economia e na contabilidade e consiste na ideia de que os políticos se utilizam do Estado para manipular a economia e as instituições para obter mais votos nas eleições. Basicamente ele atuará de forma diferenciada em anos eleitorais, como, por … Continue lendo Metrô de São Paulo e a Teoria dos Ciclos Políticos